Em Época de Crise, Conheça o Management 3.0

“Não podemos resolver os problemas com os mesmos tipos de pensamentos que tínhamos quando os criamos.”

 

Essa frase acima de Einstein remete ao pensamento sistêmico e aponta um dos principais motivos do fracasso de muitos projetos de empresas que ainda adotam o mesmo mindset de gestão de 50 anos atrás.

“O Processo foi criado, foi seguido, tudo deveria funcionar, mas ninguém usa. A culpa é das pessoas que não seguem os processos.”

Esse pensamento predomina em muitas organizações e retrata a paixão pela solução perfeita para todos os problemas. A proposta é mudar o foco para entendimento do problema e desenvolver as habilidades necessárias para usar as ferramentas certas na hora certa para determinado problema.

Segundo Gerald Weinberg (Cientista da Computação e antropologista na área de Engenharia de Software), pelos menos 64% dos problemas encontrados na área de software podem ser classificados como problemas de gestão. Então surge a pergunta, onde estamos errando?

Vivemos hoje em um mundo não determinístico onde as organizações, para terem sucesso, devem ser tratadas como organismos e não como mecanismos. Empresas hoje em dia são sistemas vivos e entender as relações entre as partes do sistema é primordial para o sucesso.

Segundo Niels Pflaeging, sistemas complexos produzem surpresas. Neles, existe a presença ou a participação de organismos vivos. Um sistema complexo é um sistema vivo: é por isso que eles podem mudar a qualquer momento. Tais sistemas são apenas observáveis do lado de fora; não são controláveis. A complexidade não pode ser gerenciada, nem reduzida, ela só pode ser confrontada com a Maestria Humana.

Estamos em um mundo complexo, onde a dinamicidade e velocidade com que as coisas mudam crescem diariamente e onde cada vez mais as relações entre as pessoas é decisiva para uma eficácia maior nos resultados.

Para ajudar a melhorar a gestão nos dias atuais surge o Management 3.0, que tira a inteligência da gestão apenas da figura do gerente e a distribui perante a organização, onde todos pensam e agem, criando um modelo de gestão mais colaborativo e apto a lidar com a realidade do mundo atual.

O objetivo do M3.0 é preparar líderes para desenvolver estruturas organizacionais adaptativas, organizações inovadoras e ambientes de trabalho inspiradores em prol de uma gestão mais adequada aos desafios de mercado. A gestão 3.0 mostra como o gestor deve trabalhar em ambientes complexos e como lidar com a complexidade dos sistemas.

Esta metodologia foi criada pelo holandês Jurgen Appelo onde o mesmo a define como um Método Mojito (uma mistura de boas práticas de gestão que juntas potencializam os resultados das empresas). Jurgen aplicou-a em diversas empresas, tendo potencializado e melhorado a eficácia dos resultados das mesmas. Além disso, escreveu o livro Management 3.0  e criou o treinamento onde instrutores preparados transmitem os conceitos e ensinam a aplicá-los no dia a dia das empresas, ajudando na melhoria dos seus resultados.

O Management 3.0 faz uma metáfora de que nossas organizações não são lindas como imaginamos e que ela na verdade se assemelha a um monstro com 6 visões a serem trabalhadas para que se tenha sucesso:

Monstro Management 3.0

  • Energizar Pessoas: O primeiro passo é conhecer melhor as pessoas, como cada um é único. É preciso realizar uma análise individual para detectar os principais motivadores e então realizar ações que estimulem essas pessoas.
  • Empoderar Times: Com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Se queremos que nossos times tenham auto-organização, proatividade e outros comportamentos de um time extraordinário, então é preciso conceder poder a eles.
  • Alinhar Restrições: As restrições sempre são importantes para guiar e alinhar o interesse de todos os envolvidos. Visto que, por mais engajadas que as pessoas estejam, se o foco não for único, toda ação tomada pode ser em vão.
  • Desenvolver Competências: É muito importante conhecer as pessoas para ajudá-las a desenvolverem suas competências.
  • Crescer a Estrutura: Crescer é o objetivo de quase toda empresa, mas antes disso precisamos pensar: Por que queremos crescer? Precisamos realmente crescer? E depois disso respondido, precisamos ter muito cuidado para crescer sem perder a forma e os valores que a empresa cultiva.
  • Melhorar Tudo: Inspeção e adaptação constantes são necessárias para garantir uma evolução para o sucesso.

As empresas hoje em dia estão apenas adotando metodologias e não tendo transformações na sua forma de pensar. Hoje em dia, precisamos buscar constantemente a melhoria contínua para que se tenham ganhos sustentáveis.

Manter as pessoas criativas, ativas e motivadas tem sido um desafio constante e por isso resolvi expandir a visão de energizar pessoas com a aplicação da física quântica e psicologia positiva na gestão e criado algo chamado Positive Management (Gerenciamento Positivo, em tradução livre). Está provado que pessoas felizes criam mais, produzem mais e tem mais eficácia em tudo que fazem. Se o ambiente da empresa não incentivar a positividade e preparar as pessoas para se tornarem mais felizes, os resultados desejados dificilmente serão iguais aos resultados obtidos.

Management 3.0 é um movimento de inovação, liderança e gestão e está redefinindo a definição de liderança, tendo a gestão como uma responsabilidade de grupo. É sobre trabalhar junto para encontrar a forma mais eficiente para que o negócio atinja seus objetivos enquanto mantêm a felicidade dos trabalhadores como uma prioridade.

Em momentos de grandes mudanças, as empresas que estiverem com um modelo de gestão moderno e focado em eficácia irão melhorar ainda mais seus resultados e a crise acabará se tornando uma oportunidade de conquistar cada vez mais uma maior fatia do mercado.

O curso do Management 3.0 tem um formato dinâmico onde faz com que os alunos e instrutores colaborem e compartilhem experiências juntos durante o curso e, através de gameficação, fornecerá conhecimento, ferramentas e novos jogos para que sejam aplicados na sua empresa, permitindo que as pessoas sejam energizadas e desenvolvam suas competências. Aliado a isso, o curso auxilia no empoderamento das equipes, prepara a empresa para ter uma estrutura sólida que se adapte à nova realidade e que se busque melhorar sempre.

A empresa paraguaia Datapar S.A treinou 25 de seus funcionários e implantou Management 3.0 no seu cotidiano. A curto prazo, os resultados já começaram a aparecer, fazendo com que as equipes adquirissem maior comprometimento e visão sistêmica. A motivação e a vontade de trabalhar voltaram a aparecer na empresa, aliadas ao aumento da produtividade e satisfação dos seus clientes.

Veja alguns depoimentos de alunos que fizeram o curso:

“Implantamos o método de Gestão 3.0 aqui na empresa. O método por si só é ótimo, e somado a habilidade do consultor Ari Amaral tivemos resultados positivos surpreendentes nas 6 visões da metodologia. As dinâmicas foram facilmente assimiladas por equipes e pessoas de conhecimentos diversos e de vários níveis. Pelos resultados e produtividade alçados, recomendo sem hesitar, vale o investimento.”

Gerson Luiz Alves – Diretor Datapar S.A.


“Após conhecermos os métodos ágeis, entusiasmados desde o início, passamos pelos mesmos problemas que a maioria das equipes de desenvolvimento de softwares passam, a impressão de que não estávamos ganhando o jogo. O curso de Management 3.0 (Gestão 3.0), ministrado pelo Mestre Ari, nos apresentou as peças que faltavam para podermos realmente começar a ganhar o jogo. Nos fez questionar o que realmente era importante e o que fazia sentido para a meta de nossa empresa e de nossos clientes. Através da transparência e de metas mais claras, conseguimos um pouco mais de liberdade, autonomia e responsabilidade diante de um todo.

Este curso transforma não só o ambiente e sua equipe, mas também nos transforma de tal forma que jamais você desejará dar um passo para trás, a menos que seja realmente para dar impulso para um salto ainda maior para frente.”

Hercules Borges – Líder Técnico da Datapar S.A


“O curso Management 3.0 apresenta situações e técnicas que com certeza abrem ainda mais a visão de profissionais de gestão de projetos, apesar de não ser específico para estes.”

Donizete Garcia Duarte – Gerente de Projetos


 

“As pessoas são as peças mais importantes em uma empresa e com o curso de Management 3.0 aprendemos a tratá-las como fontes de crescimento das empresas. Desta forma, concentramos o foco na evolução, motivação e colaboração delas. O curso proporcionou a visão de gestão de projetos focado nas pessoas, o que tornou meu time mais auto-organizável e com propósitos e desafios claros, sempre apresentando a sua verdadeira importância para o crescimento da empresa. Após esta adoção no dia a dia, foi possível ver uma evolução no ambiente, onde as pessoas começaram a sentir-se valorizadas e motivadas, pontos estes que agregaram para o crescimento da proatividade e comprometimento. Os conhecimentos adquiridos com o curso nos leva a um novo paradigma na gestão, dando a certeza de que não podemos viver nos dias atuais sem valorizar as pessoas.”

Mirko Morais – Coordenador de desenvolvimento e suporte a sistemas na CAGECE

Quer melhorar a gestão na sua empresa, tornar-se mais empático e aumentar a satisfação dos seus clientes?  CLIQUE AQUI e participe do treinamento de Management 3.0!

 

No próximo post falarei do POSITIVE MANAGEMENT e de como vem ajudando a melhorar os resultados nas empresas.